RETROSPECTIVA RETROSPECTIVA VOZES DO INFERNO VERDE – AMAZÔNIA DESLENDADA VOZES DO INFERNO VERDE – AMAZÔNIA DESLENDADA MUNDO MUNDO VASTO MUNDO MUNDO MUNDO VASTO MUNDO ENCANTO DA AMAZÔNIA ENCANTO DA AMAZÔNIA SONORIDADES BRASILEIRAS SONORIDADES BRASILEIRAS
RETROSPECTIVA Essa   idéia   começa   a   se   desenvolver   no   final   da   década   de   noventa,   com   o   propósito   de   divulgar   a   canção-de- arte   brasileira.   O   barítono   Renato   Mismetti     e   o   pianista   Maximiliano   de   Brito     empreendem   várias   turnês   pelas mais   importantes   cidades   da   Europa,   chegando   até   Nova   Yorque,   com   variados   programas   de   canção-de-arte brasileira.   A   intenção   amadurece   e   o   projeto   começa   a   se   concretizar   finalmente   no   ano   2000,   com   a   série Poesia&Música    –    Sonoridades    Brasileiras  ,    tendo    como    intuito    o    estabelcimento    de    uma    ponte    cultural independente   entre   o   Brasil   e   a   Alemanha   e   propiciando   assim   a   criação   de   uma   rede   internacional   de   artistas   e estudiosos.   Compositores   radicados   na   Alemanha,   tanto   alemães   quanto   de   outras   nacionalidades,   musicam textos   em   língua   portuguesa   e   compositores   brasileiros   compõem   sobre   poesia   alemã.   Cada   projeto   culmina com   a   primeira   apresentação   mundial   das   novas   obras   nas   mais   renomadas   casas   de   concerto   européias,   onde a    cada    ano    se    encontram    os    intérpretes,    compositores,    escritores    e    tradutores,    que    se    ocupam    de    um determinado    tema    ao    longo    de    todo    um    ano.    Desta    forma,    significativos    elementos    dos    diversos    círculos culturais   são   abordados   de   maneira   peculiar,   propiciando   um   intercâmbio   criativo,   estimulador   e   também estabelecendo   uma   importante   e   inovativa   contribuição   ao   repertório   musical   contemporâneo.   Além   disto, uma   imagem   autêntica   de   cada   cultura,   sobre   o   prisma   criativo,   pode   ser   veiculada,   com   ênfase   especial   à descoberta    de    um    Brasil    culturalmente    rico    e    variado,    livre    de    clichês    e    preconceitos.    Da    mesma    forma, compositores   contemporâneos   brasileiros   experienciam   um   contato   direto   com   a   lírica   alemã,   que   por   sua   vez ganha nova interpretação, e assim a série   Poesia&Música   media culturas e formas de expressão artística. Exatamente   nos   dias   de   hoje,   em   que   está   tão   em   voga   o   debate   teórico   e   interdisciplinar   sobre   as   relações multiculturais   e   político-culturais,   este   empreendimento   mostra   de   fato   a   realização   efetiva   daquilo   que   muitas vezes permanece apenas na intenção e na teoria. Sobre   o   verso   Ein   Wald   von   Leibern,   eine   Welt   von   Seelen   (Uma   floresta   de   corpos,   um   mundo   de   almas)   do   poema   Paradies-Traum   (Sonho   Paradisíaco)  ,   de Hermann   Hesse  ,   é   realizada   paralelamente   aos   concertos   do   projeto   uma   exposição   de   quatro   artistas   plásticos   brasileiros,   os   quais   abordam,   com   linguagens diversas,   o   tema   do   ano:   a   arquiteta   e   artista   gráfica   Odiléa   Setti     Toscano  ,   o   pintor   Walde-Mar   de   Andrade   e   Silva  ,   o   xilogravurista   Henrique   Lemes     e   o   fotógrafo Henrique Lisandro  . A exposição é aberta oficialmente pelo prefeito de Bremen,   Dr. Henning Scherf  . A   série   tem   contado   também   com   a   participação   de   proeminentes   compositores,   poetas   e   lingüistas   de   vários   países.   Direta   cooperação   fizeram,   entre   muitos outros,   nomes   como:   Curt   Meyer-Clason  ,   Telê   Ancona   Lopez,   Brian   Cole  ,   Lya   Luft  ,   Michael   Ritter,   Vicente   Salles  ,   Volker   Michels,   Bárbara   Heliodora,   Jean Malaplate,   Luís Milanesi  , Didier Lamaison, Alcides Villaça  . Palavra   e   Música   se   encontram   aqui   de   forma   ampla   e   exponencial.   Que   isto   se   dê   no   campo   das   Artes   não   é   uma   novidade;   singular   mesmo   é   o   âmbito   no   qual   se processam   as   trocas   interculturais:   sons,   imagens   e   idéias   conduziram   o   público   nos   quatro   anos   do   projeto   por   diferentes   espaços,   épocas,   linhas   estilísticas   e estéticas, revelando cantos e recantos de um novo mundo ainda cheio de mistérios, maravilhas e conflitos a serem desvendados e deslendados.
POESIA&MUSICA — SONORIDADES BRASILEIRAS uma série de projetos de Renato Mismetti e Maximiliano de Brito RETROSPECTIVA
Renato e Max são muito mais do que músicos. São artistas magistrais, cheios de idealismo, sensibilidade e brasilidade. Eles estão escrevendo uma página muito importante da História da Música brasileira. Jorge Antunes Renato e Maximiliano: dois grandes artistas que mais do que excelentes intérpretes são admiráveis apóstolos da música em geral e da música brasileira em particular.          Edino Krieger Realmente admirável, original, único o trabalho de Renato Mismetti e Maximiliano de Brito.  Gilberto Mendes Bravos à força artística de Renato e Maximiliano, verdadeiros campeões de nossa música.    Marlos Nobre Renato e Max, vocês são a música brasileira!!      Kilza Setti
Maximiliano de Brito e Renato Mismetti
POESIA&MÚSICA  –  SONORIDADES BRASILEIRAS uma série de projetos de Renato Mismetti e Maximiliano de Brito
Henrique Lisandro, Kilza Setti, Henrique Lemes, Henning Scherf, Cláudia Sgarbi, Renato Mismetti, Maximiliano de Brito, Walde-Mar de Andrade e Silva
criação gráfica de Fabian Bojé, Bremen